Purpurinas, roupas coloridas, bandeiras arco-íris, símbolo do movimento LGBT e muita alegria - era este o ambiente que se vivia na zona do Campo Pequeno, em Lisboa, na noite desta quarta-feira, dia 24 de abril. A responsável? Pabllo Vittar.

A drag queen brasileira deu o seu primeiro concerto em nome próprio em Portugal esta quarta-feira e os fãs não faltaram à festa. Uma festa onde o preconceito não entrou e onde todos foram tudo o que quiseram - é este o grande lema da artista e foi este o ambiente que se viveu no espectáculo.

Rodeada por um grupo de bailarinos, Pabllo Vittar passeou pelos seus temas mais populares. Mas o foco do concerto foi mesmo o seu último disco de originais, "Não Para Não" - "Problema Seu". "Disk Me", "Seu Crime" e "Buzina" não ficaram de fora do alinhamento.

Mas os temas mais celebrados da noite foram os grandes sucessos que apresentaram a artista ao mundo. "Sua Cara", canção com Anitta e os Major Lazer, e "Então Vai", com Diplo, deram energia à festa, mas foi em "K.O." e "Corpo Sensual" que os fãs mais soltaram às vozes.

No meio dos temas mexidos e que convidam a dançar, houve ainda tempo para uma balada: como o coro do público, Pabllo Vittar aqueceu os corações com "Indestrutível". A ovação dos fãs impressionou a artista brasileira, que não conseguiu controlar as lágrimas.

Durante quase uma hora e meia, Pabllo Vittar, a drag queen mais seguida no Instagram em todo o mundo, fez a festa e deixou o público "K.O." com tanta energia e boa disposição. Este foi só o seu primeiro concerto de sala em Portugal, mas, a julgar pelas reações, não será o último.

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.