Gipsy Kings by Diego Baliardo, The Stranglers, Fafá de Belém, Pedro Abrunhosa, Irma e Sons do Douro são os cabeças de cartaz da primeira edição do Douro & Porto Wine Festival. O evento realiza-se dias 17 e 18 de setembro, em Cambres, Lamego.

"O Douro & Porto Wine Festival​ junta num local idílico os melhores vinhos do Douro e Porto, a gastronomia, a música nacional e internacional de renome e o Douro vinhateiro", destaca Diogo Marques, responsável pelo Douro & Porto Wine Festival, ao SAPO Mag.

O responsável pelo festival sublinha que é possível deslocar-se até ao Peso da Régua de comboio, "vivenciando as belíssimas vistas do Douro vinhateiro com as vindimas a acontecer, a vida animal e a natureza no seu esplendor". "Chegando ao Peso da Régua, tem um barco à sua espera para o conduzir até ao recinto do festival", explica.

A música é um dos pilares da primeira edição do festival. "O festival tem quatro pilares que são indissociáveis (Vinhos, Gastronomia, Douro, Música). Na vertente musical, o cartaz foi pensado nas músicas que melhor paring fariam para quem gosta de degustar um bom vinho e passar uns bons momentos", explica Diogo Marques.

"No dia 17 será um dia de festa garantida, desde os Sons do Douro com as suas pipas musicais, as melhores músicas do António Variações interpretadas pelo Sérgio Praia e a Sua Banda do Filme, a Fafá de Belém num concerto único e preparado ao detalhe para o Douro e para terminar os Gipsy Kings com o Diego Baliardo que promete um concerto memorável. Para finalizar a noite temos o Fernando Alvim com DJ Set no Cook Stage", destaca.

"No domingo 18, iniciamos o Palco Principal com a Irma, uma das novas promessas do panorama musical, seguindo-se as exibições de Tiago Bettencourt, Pedro Abrunhosa e os incríveis britânicos The Stranglers que se estrearam em Portugal no ano de 1982 e até hoje continuam com os seus hits intemporais", lembra Diogo Marques ao SAPO Mag.

Além da programação dos palcos principais, o Douro & Porto Wine Festival oferece ao público outras experiências e atividades.

É o caso da Área Premium, de Food trucks e Wine Houses: pequenas casas de madeira distribuídas de forma organizada pelo espaço, onde é possível degustar, provar e comprar vinhos das mais variadas quintas da Região Demarcada do Douro.

Criada a pensar nos que procuram uma experiência “mais ‘premium’ e sofisticada”, o festival apresenta a Zona Privilege, com bares exclusivos, uma zona de alimentação exclusiva e acesso ao palco, por exemplo. "No recinto tem duas opções de entradas: Entrada Vip (Acesso à privilege área) - esta área terá acesso uma tenda onde decorrerão concertos exclusivos no intervalo dos concertos do palco principal, uma zona com alimentação dedicada, sem necessidade de estar nas filas do recinto principal e acesso a um golden circle, em que pode estar na primeira fila dos concertos. E a entrada normal – Tem acesso aos dois palcos do evento (Douro & Wine Stage e Cook Stage), à zona de alimentação e às casinhas das quintas do Douro, para além de algumas experiências proporcionadas por parceiros do evento", resume o responsável.

O festival realiza-se no Porto Comercial de Cambres, Lamego, e os bilhetes custam entre 30 e 100 euros.

Ao longo de seis hectares, o espaço tem capacidade para cerca de 20 mil pessoas por dia, além de mais de 100 produtores de vinhos da região do Douro e mais de 10 Chefs e especialistas.

No local, serão disponibilizados parques de estacionamento, permitindo também aos visitantes que estejam nos concelhos limítrofes utilizarem ‘transfers’ gratuitos.

Há ainda a possibilidade de as pessoas que se desloquem de comboio poderem ir de barco até à zona do festival.

Tudo o que se passa à frente e atrás das câmaras!

Receba o melhor do SAPO Mag, semanalmente, no seu email.

Os temas quentes do cinema, da TV e da música!

Ative as notificações do SAPO Mag.

O que está a dar na TV, no cinema e na música!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOmag nas suas publicações.