A criadora de “Sou a Casa” atua no dia 8 de fevereiro, em Udaipur, no Estado indiano do Rajastão, no oeste do país, no World Music Festival, seguindo para a Europa com seis atuações na Bélgica e nos Países Baixos, divulgou a discográfica Universal Music.

Em declarações à agência Lusa, Sara Correia afirmou que vai apresentar nesta digressão o álbum que aponta como “de estreia”, “Sara Correia”, saído em setembro de 2018.

Na Índia, a fadista vai ser acompanhada pelos músicos Francisco Pereira, na guitarra portuguesa, João Domingues, na viola, e Marino de Freitas, na viola baixo.

A fadista afirmou-se “entusiasmada” com a “hipótese de ir mostrar o fado ao mundo”.

Da Índia, Sara Correia segue para Gent, na Bélgica, onde atua no dia 12, no Haldelbeurs.

Nos palcos belgas e neerlandeses acompanham a intérprete de “Quando o Fado Passa”, os músicos Pedro Viana, na guitarra portuguesa, Diogo Clemente, na viola, e Marino de Freitas.

De Gent, Sara Correria e músicos seguem para Groninguen, nos Países Baixos, onde, no dia 13, sobem ao palco do De Oosterpoort Sport da cidade. No dia seguinte atuam em Tilburgo, no Teatro Municipal, e, no dia 16, em Roterdão, no Lantarenvenster.

No dia seguinte, do outro lado da fronteira, na Bélgica, Sara Correia atua no Bozar, em Bruxelas.

A digressão encerra em Santiago do Chile, no dia 23, com um espetáculo no Festival Womad, em que é acompanhada por Pedro Viana, Diogo Clemente e Frederico Gato, no baixo.

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.