A Feira Internacional do Livro de Guadalajara começa hoje e estende-se até 08 de dezembro, contando com mais de 800 escritores, entre os quais vários portugueses, o Nobel Mário Vargas Llosa e o mestre da novela gráfica Frank Miller.

A 33.ª edição da Feira Internacional do Livro de Guadalajara (FIL), no México, tem este ano a Índia como país convidado e receberá mais de 20.000 profissionais do livro.

Entre as muitas figuras que vão passar pela maior iniciativa do mercado livreiro da América Latina - e o segundo a nível mundial, depois da Feira de Frankfurt -, contam-se O prémio Nobel da Literatura peruano Mário Vargas Llosa, que fará um discurso por ocasião do 50.º aniversário da publicação do seu romance de referência, "Conversas na Catedral", e apresentará seu novo livro, "Tiempos Recios" ("Tempos Difíceis", em tradução livre).

O autor lançou recentemente em Portugal "O Apelo da Tribo", livro de ensaios biográficos, através de autores que o marcaram, como Orwell, Camus ou Koestler, Ortega y Gasset, Hayek, Popper, Raymond Aron, Isaiah Berlin ou Jean-François Revel.

Nos antípodas estilísticos e temáticos do autor peruano, estará o escritor de banda desenhada Frank Miller, famoso pelos lendários romances gráficos "300", "Sin City" ou "O Cavaleiro das Trevas Retorna", com quem a FIL Guadalajara também conta.

Miller fará uma palestra sobre as atividades do espaço da banda desenhada, falando sobre Batman, e apresentará o seu novo livro, "Cursed".

Além destes, contam-se ainda nomes da narrativa internacional como o romancista e dramaturgo italiano Alessandro Baricco, a escritora e jornalista mexicana Elena Poniatowska, ou o vencedor deste ano do Prémio FIL de Literatura em Línguas Latinas, o poeta e ensaísta mexicano David Huerta.

A literatura em língua portuguesa estará também presente no evento através dos escritores Afonso Cruz, David Machado, Patrícia Portela e a ilustradora Mariana a Miserável.

No dia 6 de dezembro, os escritores David Machado e Patrícia Portela juntam-se ao angolano Ondjaki num encontro subordinado ao tema “literatura em língua portuguesa”.

O mesmo painel repete-se no dia seguinte, desta vez com a participação de Afonso Cruz e Alexandra Lucas Coelho.

No âmbito da poesia, a FIL tem programados vários salões de poesia, que vão contar com a presença dos poetas portugueses Raquel Nobre Guerra e Cláudia R. Sampaio, no dia 30 de novembro, Vasco Gato, no dia 2 de dezembro, e Luís Quintais, no dia 3 de dezembro.

Na secção da FIL dedicada aos profissionais, Portugal marca presença em dois fóruns – Filustra e Desenho Editorial – com a ilustradora Mariana a Miserável.

No dia 2 de dezembro, a autora portuguesa participa numa sessão só com mulheres, intitulada “Exploração visual feminina”, integrada no tema “Construir universos ilimitados”, da Filustra.

A 4 de dezembro, Mariana a Miserável volta a ser convidada, mas para o evento de design editorial subordinado ao tema “Estímulos visuais que provocam inspiração”, no painel “Ser multidisciplinar: desenvolver habilidades diversas”.

Em 2018 foi Portugal o país convidado da FIL e, em 2017, Espanha (Madrid), este ano cabe a vez à Índia.

Este país oferecerá uma amostra de sua literatura contemporânea e uma visão atual da sua identidade, com a participação de 35 autores, incluindo Advaita Kala, C. S. Lakshmi, Amish Tripathi, Anushka Ravishankar e Rangnath Gabaji Pathare.

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.