Os One Direction decidiram fazer uma pausa no final de 2015 e desde então todos os membros seguiram carreiras a solo, mas Louis admite estar surpreendido por ter continuado a sua carreira sem os amigos.

O artista de 25 anos contou que não gostou das discussões em relação ao futuro da banda quando os colegas Liam Payne, Harry Styles e Niall Horan concordaram em deixar os One Direction em standby.

Relacionado: Veja aqui as fotos do filho de Louis.

Louis confessou que sempre se sentiu inseguro na banda e que estava finalmente a começar a encontrar o seu lugar quando, de repente, decidiram parar.

O cantor não achava que ia ter sucesso a solo.

“O Niall é o gajo mais adorável do mundo,” ele explicou. “O Irlandês feliz, zero de arrogância. E ele não tem medo nenhum. Há alturas em que penso, ‘Gostava de ter um bocado daquilo’. O Zayn era parecido comigo em relação aos nervos. No primeiro ano éramos os menos confiantes. Mas o Zayn tem uma voz fantástica e para ele era só usar essa voz.”

Relacionado: Louis deu apoio a Harry assim que soube da tragédia familiar. Saiba mais aqui.

“O Liam sempre teve uma boa presença em palco, e o Harry o mesmo, ambos têm aquele controlo. O Harry passa uma imagem do gajo muito fixe. O Liam põe o público todo a mexer, a dançar um bocado… E depois existo eu.”

Louis pensou em escrever para outros artistas até os One Direction voltarem a tocar juntos. “Se me perguntasses há um ano ou há 18 meses, ‘Vais seguir uma carreira a solo?’ Eu teria dito, ‘Não, de todo’.”

Relacionado: Sabes com que membro dos One Direction é que Louis Tomlinson escreveu uma música? Descubra aqui.

No entanto, o cantor fez a sua estreia como artista a solo no final do ano passado (2016), bem antes de Liam e Harry, com “Just Hold On” em colaboração com Steve Aoki.

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.