O músico Robert Hunter, que se destacou como elemento não-oficial e principal letrista dos Grateful Dead, morreu na passada segunda-feira aos 78 anos. A causa da morte não foi divulgada.

"É com grande tristeza que anunciamos que o nosso querido Robert morreu na noite de ontem", lamentou a família num comunicado na terça-feira. "Ele morreu em paz na sua cama, em casa, rodeado de amor", acrescenta a nota.

Os Grateful Dead também lamentaram a morte nas redes sociais:

Nascido na Califórnia em 1941, Robert Hunter fez parte de várias bandas com Jerry Garcia antes de este formar os Grateful Dead. Embora não tenha sido um elemento oficial desse grupo, Hunter foi o principal letrista, tendo escrito as primeiras letras sob a influência de ácidos, depois de se ter voluntariado para uma experiência de testes de drogas psicalélicas da CIA no início dos anos 1960.

"China Cat Sunflower", "Casey Jones", "Friend Of The Devil", "Touch Of Grey", "Box Of Rain" ou "Ripple" contam-se entre as canções dos Grateful Dead com letras da sua autoria.

Nos anos 1970, iniciou um percurso a solo mantido em paralelo com a escrita para outros artistas, caso de Bob Dylan, Elvis Costello ou Bruce Hornsby.

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.