De acordo com a Companhia Olga Roriz, o novo espetáculo estreia-se hoje no São Luiz Teatro Municipal, às 21:00, repetindo no sábado à mesma hora e no domingo às 17:30.

"Síndrome" parte da última peça coreográfica de Olga Roriz, estreada no ano passado, com o título "Antes que matem os Elefantes", sobre o sofrimento do povo sírio provocado pela guerra no país.

A coreógrafa quis que a guerra na Síria fosse o palco de "Antes que matem os Elefantes" para funcionar como um alerta para uma reflexão coletiva sobre o conflito naquele país, mas a nova peça pede uma reflexão do que se segue.

"Surgiram-me várias questões, porque eu não queria manter-me nesse lugar específico, e falar apenas na guerra da Síria. Este novo espetáculo acabou por se basear naquele momento vivido depois de uma grande catástrofe na vida, na forma como se vive interiormente", apontou, em declarações à agência Lusa esta semana.

"Síndrome" tem direção e coreografia de Olga Roriz, com interpretação de André de Campos, Beatriz Dias, Bruno Alexandre, Bruno Alves, Carla Ribeiro, Francisco Rolo, Marta Lobato Faria.

A seleção musical é de Olga Roriz e João Rapozo, a cenografia e figurinos de Olga Roriz, o desenho de luz de Cristina Piedade e o acompanhamento dramatúrgico de Sara Carinhas.

O espetáculo resulta de uma coprodução da Companhia Olga Roriz e do São Luiz Teatro Municipal.

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.