Há cinco anos escrevi ‘Sleep’ como um convite para fazer uma pausa nas nossas vidas tão preenchidas. Agora enfrentamos uma inesperada e indesejada paragem [por causa da pandemia da COVID-19]. Não é fácil a adaptação a esta nova normalidade, que diariamente comporta ansiedade e sofrimento”, afirma Max Richter na página oficial.

Por isso, o músico fez uma parceria com 17 estações de rádio, que integram a União Europeia de Radiodifusão (EBU), e outras estações dos Estados Unidos, Canadá e Nova Zelândia, para uma transmissão coletiva daquela composição durante o fim de semana da Páscoa.

Assim, a composição instrumental será transmitida durante os períodos da noite e madrugada, entre sábado e segunda-feira, coincidindo assim com o tempo de sono dos ouvintes, em rádios como a BBC Radio 3 (Reino Unido), a RAI Radio 3 (Itália), a France Musique (França) ou a LRT Klasika (Lituânia).

Apesar de pertencer à EBU, a Antena 2 não irá transmitir a composição, como explicou à agência Lusa o diretor da estação pública, João Almeida.

A gravação que será transmitida nas estações de rádio foi feita em 2015 para a BBC, com Max Richter (piano, sintetizadores) acompanhado de um pequeno ‘ensemble’, com a soprano Gace Davidson e os instrumentistas Natália Bonner, Stebe Morris (violino), Reiad Chibah (viola), Ian Burdge e Chris Worsey (violoncelo).

Holanda, Espanha, Dinamarca e Bélgica são outros países que irão transmitir a composição.

“Sleep”, com oito horas e meia de duração, foi editado em álbum pela Deutsche Grammophon em 2015 e apresentado por Max Richter como uma canção de embalar, “um manifesto para uma existência mais vagarosa”.

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.