Prémio Europa 2008, a que se sucederam os prémios de Interpretação da Cidade das Artes, de Paris, e Jovem Solista, da rádio francesa, Milot foi distinguida ainda com o Prémio Opus Revelação, Prémio das Artes Louis-Philippe-Poisson, Prémio Trois-Rivières, Prémio Criação Artística, Prémio de Excelência de Cultura, além de ter sido nomeada várias vezes para os prémios Opus, como destaca a sua biografia.

O repertório de Milot inclui obras de compositores que vão de Bach, Handel e Mozart, a Smetana e Britten, Steve Reich e Robert Fripp, dos King Krimson. Tem tocado com músicos como o violoncelista Stéphane Tétreault, a soprano Marianne Lambert e o fagotista Mathieu Lussier.

O recital em Lisboa, de entrada livre, surge no âmbito da programação cultural do ISPA que assinala os 80 anos da morte do autor de "Psicopatologia da Vida Quotidiana" e "Interpretação dos Sonhos".

Tem início às 18:30 e a duração prevista de uma hora.

Tudo o que se passa à frente e atrás das câmaras!

Receba o melhor do SAPO Mag, semanalmente, no seu email.

Os temas quentes do cinema, da TV e da música!

Ative as notificações do SAPO Mag.

O que está a dar na TV, no cinema e na música!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOmag nas suas publicações.