"É magnífico e insere-se bem na paisagem urbana. E esta técnica é muito diferente. Como é que eles sabem onde martelar para criar este padrão?", interrogavam-se Christelle e Frederique, que trabalham na La Defense, o distrito financeiro de Paris, em frente à nova obra de Vhils.

O novo mural foi inaugurado esta quarta-feira, tem 22 metros de comprimento por seis de altura e está inserido na iniciativa Urban Week 2019, promovida pela empresa pública Paris La Defense, que gere a zona onde se encontram algumas das sedes de multinacionais e das maiores empresas francesas.

No seio do coração financeiro da cidade, o conceito da Urban Week é espalhar arte urbana, acompanhada por concertos e animação numa área que é muitas vezes encarada como um sítio apenas para visitar.

Para além de Vhils, também outros artistas como Jo Di Bona ou Ratur participaram na iniciativa.

A obra do artista português está situada muito perto do Grande Arco da La Defense e representa dois rostos anónimos, entre outros motivos.

A outra nova obra de Vhils na capital francesa fica no centro de Paris, no ângulo das ruas Ambroise Paré e Guy Patin, no 10.º bairro.

Com uma dimensão mais reduzida do que o mural na La Defense, este trabalho artístico fica num dos muros do hospital Lariboisière, um dos principais de Paris.

Este projeto do artista português, intitulado "Scratching the surface", ganhou um concurso internacional do programa Embellir Paris (ou Embelezar Paris, em tradução livre), promovido pela autarquia da cidade, e que pretende tornar mais bonitos cerca de 20 lugares em diferentes bairros, através da contribuição de artistas, coletivos e escolas de arte de todo o Mundo.

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.