Depois de ter esgotado o concerto das 21h30, Manel Cruz marcou uma nova sessão de apresentação de "Vida Nova", às 16h00 de 28 de abril.

Editado na passada sexta-feira, 5 de abril, o disco também vai ser apresentado no Capitólio, em Lisboa, a 1 de maio, às 21h30.

Depois de um hiato de sete anos, o novo álbum marca o regresso do ex-vocalista dos Ornatos Violeta, Pluto, Foge Foge Bandido e Supernada às edições.

Disponível por encomenda através do site da Turbina, em lojas independentes e em formato digital, nas plataformas habituais, "Vida Nova" teve como singles "Ainda Não Acabei", "Beija-Flor", "Cães e Ossos" e "O Navio Dela".

Com letra, música e imagem de Manel Cruz, o disco é composto por 12 faixas e acompanhado por um livro cujo conteúdo é complemento da obra artística.

Consequência da vontade de voltar ao estúdio e aos palcos, depois de um hiato criativo, “Vida Nova” foi composto maioritariamente no ukulele.

Em estúdio e ao vivo, Manel Cruz (voz, guitarra acústica, clarinete, percussões) partilha "Vida Nova" com António Serginho (percussão, piano, xilofone), Eduardo Silva (baixo, voz) e Nico Tricot (piano). Produzido por Manuel dos Reis, Manel Cruz e Nico Tricot, foi gravado por Manuel dos Reis no Estúdio do Pátio e masterizado por Nuno Mendes no El Estúdio.

Os bilhetes para os concertos de apresentação de "Vida Nova" na Casa da Música, dia 28 às 16h00, e no Capitólio, dia 1 de Maio às 21h30, já estão à venda e custam 15 euros.

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.