A gala da noite deste domingo, dia 7 de junho, do "Big Brother" ficou marcada pelas nomeações. Esta semana, a produção do programa da TVI criou uma nova regra e os concorrentes só puderam nomear mulheres. Ana Catharina, que sempre se recusou em nomear as colegas, manteve a sua promessa.

"Eu não vou nomear mulheres", disse a participante do reality show. "Mas tem de nomear. São as regras do jogo", respondeu Cláudio Ramos. "Mas eu não concordo com as regras do jogo, por isso não vou nomear mulheres", rematou, acabando por ser penalizada com uma nomeação automática.

Nas redes sociais, a decisão da TVI e da concorrente dividiu os espectadores. A polémica rapidamente ganhou eco e chegou ao outro lado do Atlântico. Vários sites brasileiros dedicados ao pequeno ecrã analisaram a regra do reality show.

O site de Hugo Gloss, um dos maiores influenciadores do mundo, frisa que a regressa é da produção é "bizarra". "Ana Catharina, participante brasileira da competição, confrontou uma regra bizarra da produção e acabou recebendo uma punição pelas suas escolhas. 'Prefiro sair', disparou ela. 'Eita!' O apresentador da atração, Cláudio Ramos irritou-se com a postura [da concorrente], e chegou a dizer que, se dependesse dele, tomaria medidas diferentes da direção do reality [show]", pode ler-se na partilha da publicação no Instagram.

O site Observatório da TV também dedicou um artigo à decisão da TVI. "Participante brasileira no Big Brother Portugal confronta a produção", escreve o site do portal brasileiro UOL.

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.