No dia 26 de Julho, um dos maiores cineastas de todos os tempos, Stanley Kubrick, faria 83 anos.

O Canal Hollywood celebra a data com a exibição de um especial de cinema que recupera duas das suas obras-primas: "Nascido para matar" e "Dr. Estranho Amor", ícones da estética cinematográfica de um dos mais importantes e influentes realizadores da história da sétima arte.

A mecânica da guerra sob a lente sarcástica de Stanley Kubrick é explorada em todo o explendor em "Nascido para Matar", para ver pelas 23h30, uma obra triste e divertida em proporções equivalentes, proporcionando aos espectadores um paradoxo de sensações que acompanham o processo de declínio psicológico dos personagens, rumo à loucura.

Matthew Modine, Adam Baldwin, Vincent D Onofrio, R. Lee Ermey, Dorian Harewood, fazem parte do elenco soberbo desta saga sobre a guerra no Vietname e o desumano processo que transforma pessoas em assassinos treinados, numa narrativa selvagem, intensa e salpicada de diálogos mordazes.

Logo depois, pela 1h25, o Canal Hollywood sugere a comédia de humor negro, "Dr. Estranho Amor", um thriller da Guerra-fria de Peter George, que satirizou a tensão nuclear vivida pelo mundo à época, numa poderosa metáfora do controlo do mundo pelas duas potências nucleares, com Peter Sellers a representar três papéis, e interpretada também por George C. Scott, Sterling Hayden e Slim Pickens.

A metódica e mordaz visão que tem da realidade e o meticuloso trabalho de câmara e de iluminação evidenciado nesta obra-prima, tornam "Dr. Estranho Amor" num hilariante, satírico e aterrador filme, que exprime o gosto de Kubrick por situações limite e temas polémicos tratando-os sempre com um refinado sarcasmo.

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.