Roberto Escobar disse esta terça-feira, 5 de julho, que enviou à Netflix um "pedido amigável" para que se reavalie o material da série, "unicamente por caráter informativo".

"Trata-se de algo que envolve a mim, a minha vida, a da minha família e a do meu irmão. Acredito que ninguém no mundo pode determinar a validade deste material como eu", frisa.

Filho de um agricultor colombiano, Pablo Escobar tornou-se no sétimo homem mais rico do mundo graças ao seu implacável domínio sobre o tráfico mundial de cocaína.

Pablo Escobar, perseguido durante anos pelas autoridades, foi morto na sua cidade natal, Medellin, em 1993.

Em seu auge, o Cartel de Medellin movimentava 60 milhões de dólares diariamente, e era responsável por 80% da cocaína comercializada nos Estados Unidos.

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.