Na emissão desta terça-feira, dia 12 de março, de "Mixórdia de Temáticas", Ricardo Araújo Pereira analisou os novos reality shows da TVI e da SIC. No passado domingo os canais estrearam "Quem quer namorar com o agricultor?" e "Quem quer casar com o meu filho?".

"Eu ontem disse aqui que não tinha visto os programas de domingo à noite da SIC e da TVI. Lembram-se da pessoa feliz e luminosa que eu era, não lembram? Esses tempos já não voltam. Eu vivia na doce ignorância dos conteúdos dos programas 'Quem quer ser a empregada doméstica do meu filho?' e 'Quem quer ir trabalhar para a lavoura?'. O nome não é bem assim, mas o conceito é este", começa por explicar o humorista.

Na rubrica da Rádio Comercial, Ricardo Araújo Pereira diz que não recomenda os programas. "[Quem for ver] tem de ter os seguintes cuidados: o melhor é ver com um amigo, o amigo tem o comando da televisão na mão... a gente vê até aguentar e depois diz: 'desliga, desliga, desliga'", recomenda.

"Ver através de um vidro fosco, que fui o que eu fiz. Aquilo é como estar a olhar para o sol da estupidez e da indignidade", frisou o humorista. "O da TVI é o Quem quer ser a empregada doméstica do meu filho?', são entrevistas de emprego, não é? Achei estranho até não darem mais informações às moças. 'Em que dia se muda a roupa da cama e tal?'... não disseram nada e elas não tiravam notas", acrescentou.

Ouça aqui a "Mixórdia de Temáticas".

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.