Desde «Sombras da Escuridão» e «Frankenweenie» em 2012 que Tim Burton está ausente das salas de cinema, mas o seu próximo filme, «Big Eyes», promete ser uma das grandes novidades da próxima temporada nos EUA. De tal forma que vai estrear em cheio para ter o máximo de visibilidade na temporada de entrega dos prémios do cinema norte-americano: 25 de Dezembro.

O argumento de «Big Eyes» é de Larry Karaszewski e Scott Alexander, que já colaboraram com Burton em «Ed Wood» relata como Walter e Margaret Keane se tornaram um casal proeminente nos EUA graças às suas pinturas de crianças de grandes olhos arredondados no final da década de 50 e durante a década de 60, mas em que o maior crédito ficava para Walter enquanto Margaret permanecia na retaguarda, com um papel secundário. Essa situação contribuiu para o desgaste do casamento e pouco depois do divórcio em 1965 surgiu um dos grandes escândalos do mundo da arte no século XX: Margaret alegou que era ela a verdadeira autora das populares pinturas e que o ex-marido nunca tinha sequer ter pintado qualquer imagem.

Quando Walter Keane negou as alegações e recusou a partilha dos lucros, Margaret desafiou-o para competições de pintura, que ele nunca aceitou. Foi apenas em 1986 que a pintora viu reconhecida a autoria, quando o caso foi parar a tribunal e o juiz resolveu pedir a ambos que pintassem à sua frente: ela produziu uma obra em 53 minutos, ele disse que tinha um ombro cheio de dores. Margaret ganhou o caso e recebeu uma indemnização de 4 milhões de dólares.

Foram divulgadas as primeiras imagens de Christoph Waltz e Amy Adams como o ex-casal, que fazem a sua estreia no universo de Burton, tal como o restante elenco: Terence Stamp, Jason Schwartzman e Danny Huston.