Numa grande cidade chamada San Fransokyo (uma fusão imaginária entre San Francisco e Tóquio), um jovem prodígio da robótica chamado Hiro Hamada vê-se envolvido numa trama criminosa que ameaça destruir a metrópole. Com a ajuda do seu melhor amigo, um robô chamado Baymax, Hiro junta-se a uma equipa de principiantes no combate ao crime, numa missão para salvar a cidade.

Este é, em traços largos, o argumento de
«Big Hero 6 - Os Novos Heróis», o filme da Disney que vai adaptar ao cinema de animação por computador uma série de BD pouco conhecida da Marvel Comics. Surgida em 1998, pela mão de Steven T. Seagle e Duncan Rouleau, a série juntava algumas figuras novas com outras de segunda linha do universo da editora, para constituir um grupo de seres com poderes sobrehumanos sancionado pelo governo para proteger o Japão. Uma das personagens antigas era o Silver Samurai (que foi o vilão principal do filme
«Wolverine») e a mais importante das novas era Hiro Takachiho, um rapaz brilhante capaz de criar toda a espécie de maravilhas tecnológicas, incluindo um robô chamado Baymax.

«Big Hero 6» tem a particularidade de ser adaptado de uma BD da Marvel Comics, empresa que a Disney comprou em 2009, e a originalidade de ter um sabor à partida mais oriental que o habitual. O realizador é
Don Hall, que co-dirigiu o recente
«Winnie the Pooh», e
Chris Williams, co-realizador de
«Bolt».

O tom é de comédia de aventuras e o estilo tem muito de oriental. Segundo Hall, «as histórias da Marvel decorrem no mundo real. Nós estávamos à procura de qualquer coisa para fazer em que pudessemos criar o nosso próprio mundo — trazer as influências japonesas, ter locais reconhecíveis cruzados com a estética japonesa». A primeira imagem de San Fransokyo, que pode ser vista no vídeo agora divulgado, dá bem a ideia do que deverá o estilo da película.

«Big Hero 6» tem estreia internacional agendada para 7 de novembro de 2014.

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.