Carey Mulligan começou por cima na carreira de actriz: aos 18 anos, ela conquistou o papel de irmã de
Keira Knightley na muito elogiada versão que
Joe Wright assinou de
«Orgulho e Preconceito» (1995). Logo a seguir surpreendeu em diversos papéis televisivos importantes, desde a adaptação de
«Bleak House» (2005) ao telefilme
«My Boy Jack» (2007), com
Daniel Radcliffe e
Kim Catrall, passando pelo teatro com um prestação elogiada no «revival» da peça «A Gaivota», de Chekov, em 2007.

No cinema, voltou a brilhar em pequenos papéis em
«Quando Viste o teu Pai pela Última Vez?» (2007),
«The Greatest» (2009),
«Inimigos Públicos» (2009) e
«Brothers» (2009), conquistando todos os elogios (e a primeira nomeação ao Óscar) pelo seu primeiro papel protagonista no grande ecrã,
«Uma Outra Educação», como uma rapariga de 16 anos com uma relação com um homem com o dobro da sua idade, na Londres dos anos 60.

E o futuro afigura-se-lhe risonho: em pós-produção tem já a sequela de
«Wall Street»,
«Wall Street 2: O Dinheiro não Pára», de novo assinado por
Oliver Stone e em que contracena com o seu actual namorado,
Shia LaBoeuf, e
«Never Let me Go», um «thriller» de ficção científica escrito por Alex Garland em que volta a contracenar com
Keira Knightley.

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.