Com "Oppenheimer" a liderar a corrida aos Óscares com 13 nomeações, Christopher Nolan é o grande favorito para ganhar a estatueta dourada de Melhor Realização.

O filme custou 100 milhões de dólares, um valor "modesto" quando comparado com os 205 de "Tenet", o filme anterior, mas ainda assim um investimento muito grande para um filme parcialmente rodado a preto e branco sobre o criador da bomba atómica.

Veja aqui a lista completa de nomeados aos Óscares
Veja aqui a lista completa de nomeados aos Óscares
Ver artigo

Fazer grandes "blockbusters" com acesso aos grandes recursos de Hollywood que não tenham super-heróis é um poder ao alcance de muitos poucos.

Por isso, não é de prever um regresso ao cinema independente de "Memento" (2000) e mesmo de "Insomnia" (2002) e "O Terceiro Passo" (2006), produzidos já dentro dos grandes estúdios com orçamentos relativamente modestos.

"Sinto-me atraído para trabalhar em grande escala porque sei o quão frágil é a oportunidade de mobilizar esses recursos. Há tantos cineastas por aí no mundo que dariam tudo para ter os recursos que reúno, e sinto que tenho a responsabilidade de usá-los da maneira mais produtiva e interessante”, disse recentemente o cineasta à revista Time.

O cineasta elogiou dois dramas de dimensão com recursos muito mais modestos que viu recentemente entre os seus favoritos: "Aftersun" é um "belo filme" e "Vidas Passadas", este nomeado para o Óscar de Melhor filme, é "subtil de uma forma bonita".

A cerimónia dos Óscares terá lugar a 10 de março.

Tudo o que se passa à frente e atrás das câmaras!

Receba o melhor do SAPO Mag, semanalmente, no seu email.

Os temas quentes do cinema, da TV e da música!

Ative as notificações do SAPO Mag.

O que está a dar na TV, no cinema e na música!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOmag nas suas publicações.