O festival de cinema de animação Monstra e a Festa do Cinema Italiano, previstos para as próximas semanas, foram adiados por causa das medidas restritivas relacionadas com o Coronavírus, foi hoje anunciado.

O Festival de Animação de Lisboa - Monstra, a cumprir duas décadas, deveria decorrer de 18 a 29 de março, em várias salas de Lisboa, mas foi adiado "e provavelmente vai ser realizado noutros moldes", disse à agência Lusa fonte da organização.

A 13.ª da Festa do Cinema Italiano deveria iniciar-se a 1 de abril, em Lisboa, e em mais de uma dezena de cidades, mas foi adiada "para uma data a anunciar em breve", revelou a organização do evento, da responsabilidade da Associação Il Sorpasso, com o apoio de várias entidades, entre as quais a Embaixada de Itália, o Instituto Italiano de Cultura de Lisboa e a Câmara Municipal de Lisboa.

"Sendo um evento que recebe milhares de pessoas e devido ao aumento da gravidade da situação em Itália e em Portugal, a organização considera que não estão reunidas as condições para a sua realização e para o bem de todos. A Il Sorpasso mostra ainda a sua solidariedade com os acontecimentos verificados em Itália, Portugal e no resto do mundo", refere o comunicado.

A decisão afeta as outras cidades por onde  ia passar nas semanas seguintes: Porto, Almada, Cascais, Setúbal, Penafiel, Alverca do Ribatejo, Coimbra, Viseu, Beja, Tomar, Évora, Caldas da Rainha e Loulé.

"Pinóquio", o mais recente trabalho de Garrone, realizador de “Gomorra”, era o escolhido para a sessão de abertura em Lisboa.

Para a sessão de encerramento, a 9 de abril, seria a antestreia nacional de “As coisas que nos fazem felizes”, de Gabriele Muccino.

Em Lisboa, a câmara municipal anunciou que os museus e teatros municipais vão estar encerrados entre quarta-feira e 3 de abril, abrangendo recintos que iriam acolher aqueles dois festivais de cinema.

Estarão encerrados museus, galerias e bibliotecas municipais, assim os teatros municipais (São Luiz, Lu.Ca e Teatro do Bairro Alto), o Padrão dos Descobrimentos e o Cinema São Jorge.

A epidemia de Covid-19 foi detetada em dezembro, na China, e já provocou mais de 4.000 mortos.

Cerca de 114 mil pessoas foram infetadas em mais de uma centena de países, e mais de 63 mil recuperaram.

Portugal regista 41 casos confirmados de infeção, segundo a DGS.

Mais informações sobre o COVID-19.

* Notícia atualizada às 17h58 com informação sobre o adiamento da Monstra e decisão da Câmara Municipal de Lisboa.

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.