A carreira de Amanda Seyfried já conheceu melhores dias desde os tempos do primeiro "Mamma Mia!", "Juntos ao Luar", "Os Miseráveis" ou "Ted 2".

Mas o rumo podia ter sido muito diferente se não tivesse tomado a decisão de recusar a proposta para entrar no Universo Cinematográfico Marvel.

"Penso nisso muita vezes", admitiu numa entrevista virtual ao ComicBook.com.

O papel fica em segredo, mas há uma grande pista: "Não sou realmente uma espectadora dos filmes da Marvel, o que penso ser a razão para eu ter pensado 'Ah, não quero ficar verde. É simplesmente demasiado trabalho."

Muito provavelmente, o papel era o de Gamora em "Guardiões da Galáxia", que acabou por ir para Zoe Saldana.

Apesar do sucesso dos filmes da Marvel, a atriz não mostra sinais de arrependimento.

"Recordo-me da Jennifer Lawrence falar uma vez sobre isso, a quantidade de tempo que lhe levava para ficar azul [para ser a Mística nos filmes "X-Men"]. E pensei 'Aquilo parece como o inferno na terra' porque depois chega-se ao 'set' e só se fica lá duas horas, e depois tem de se tirar tudo. E essa foi literalmente a razão", explicou.

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.