A Disney escolheu Rachel Zegler para ser a protagonista da versão em imagem real do clássico da animação "Branca de Neve e os Sete Anões".

Este é o terceiro grande projeto de Hollywood da jovem atriz: atualmente, está a trabalhar na sequela de "Shazam!" e em dezembro iremos vê-la nos cinemas ao lado de Ansel Elgort na nova versão do clássico "West Side Story", realizada por Steven Spielberg.

Aliás, segundo a publicação Deadline, a Disney e o realizador passaram meses em castings e embora as audições de Rachel Zegler se tenham destacado, o que fez a balança pender a seu favor foi o acesso às primeiras imagens do musical, que será lançado pela 20th Century (estúdio da Disney).

"As extraordinárias capacidades vocais da Rachel são apenas o início dos seus talentos. A sua força, inteligência e otimismo vão tornar-se uma parte integral da alegria de redescobrir a alegria neste clássico conto de fadas da Disney", destacou o realizador Marc Webb.

Em janeiro de 2019, foi anunciado que Spielberg escolhera Rachel Zegler para ser Maria em "West Side Story".

De Nova Jérsia, a estudante de liceu, descendente de colombianos, respondeu a um "casting" aberto para atores latinos com um vídeo a cantar "Tonight" e "Me Siento Hermosa". Foi escolhida entre 30 mil atrizes.

A rodagem da nova versão de "Branca de Neve e os Sete Anões" deverá arrancar no próximo ano.

Marc Webb é um cineasta conhecido pela aclamada comédia romântica "(500) Dias com Summer" (2009) e os dois filmes " O Fantástico Homem-Aranha" com Andrew Garfield e Emma Stone (2012 e 2014).

O novo filme irá expandir a história e incluirá novas canções da autoria de Benj Pasek e Justin Paul, que fizeram um brilharete em Hollywood com os musicais "La La Land" e "O Grande Showman".

Branca de Neve e os Sete Anões (1937)

Existem várias versões do conto dos irmãos Grimm sobre uma jovem princesa invejada pela sua madrasta e protegida por um grupo de anões, incluindo uma em imagem real de sucesso: "Branca de Neve e o Caçador" em 2012, com a personagem interpretada por Kristen Stewart.

"Branca de Neve e os Sete Anões", de 1937, foi a primeira longa-metragem da Disney e o seu gigantesco sucesso foi determinante para a consolidação do estúdio. Recebeu um Óscar honorário.

Obra-prima absoluta pela qual o tempo não parece passar, não é apenas mais um filme de animação que foi um sucesso: tudo na película se tornou incontornável, da qualidade e elegância da animação à banda sonora de canções inesquecíveis e completamente integradas na narrativa, das personagens eternas à sensação de alegria transbordante que o filme transmitia. Foi um verdadeiro fenómeno comercial, o equivalente ao “Star Wars” ou ao “Avatar” do seu tempo.

Tudo o que se passa à frente e atrás das câmaras!

Receba o melhor do SAPO Mag, semanalmente, no seu email.

Os temas quentes do cinema, da TV e da música!

Ative as notificações do SAPO Mag.

O que está a dar na TV, no cinema e na música!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOmag nas suas publicações.