São poucos os pormenores conhecidos sobre o próximo filme "James Bond".

Por agora conhecido apenas como "Bond 25", sabe-se que Daniel Craig está de volta pela quinta e, provavelmente última vez, como 007, tal como os atores Léa Seydoux, Ralph Fiennes, Ben Whishaw e Naomie Harris. Além disso, o realizador é Cary Joji Fukunaga (reconhecido principalmente pela primeira temporada da aclamada série "True Detective").

Finalmente, a rodagem começa a 4 de março e a estreia está marcada para 14 de fevereiro de 2020.

Nas últimas semanas têm circulado rumores sobre a possibilidade de Rami Malek ser o vilão e, longe de os desmentir, o ator acabou por deitar mais achas na fogueira por duas vezes.

O recente vencedor do Globo de Ouro pela interpretação de Freddie Mercury em "Bohemian Rhapsody" e protagonista da série de culto "Mr.Robot" está no centro das atenções  e foi forçado a falar do assunto.

"Teremos de ver isso. Seria giro interpretar o vilão, seria o sonho de um ator, outro papel de sonho para mim. Consegui interpretar tantos até agora, quem sabe? Vou manter a boca fechada", disse à Entertainment Tonight antes de acrescentar quando lhe perguntaram se aceitaria a proposta um categórico "Absolutamente. Quem não o faria?".

Já na terça-feira à noite, o ator disfarçou pior no programa de Jimmy Kimmel.

"Não faço ideia. Isso está 'online'?", antes de acrescentar com um sorriso comprometedor "Pois, quem sabe sobre isso? Não vou dizer nada. Disse alguma coisa?".

"Sempre pensei que eras um ótimo ator... até este preciso momento", respondeu-lhe Kimmel.

VEJA O MOMENTO APÓS OS TRÊS MINUTOS.

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.