Foi ao lado do ator egípcio
Khaled el-Nabawi, que contracenou consigo no filme
«Jogo Limpo», que
Sean Penn caminhou pela emblemática praça da cidade do Cairo.

Junto às centenas de manifestantes que se juntaram no local, Penn segurou uma bandeira egípcia e foi recebido com aplausos pelos presentes.

«O mundo foi inspirado pelo chamamento pela liberdade levado a cabo na corajosa revolução do Egito», disse Sean Penn durante o protesto.

Penn terá ido até ao Egito a convite do seu colega Khaled el-Nabawi com o objetivo de mostrar ao mundo que o país é um sítio seguro para se visitar apesar dos tumultos.

A manifestação de hoje exigindo uma rápida transição do poder dos militares para os civis foi uma das maiores dos últimos tempos no Cairo. Apesar de já ter sido marcada uma data para as eleições no país (28 de Novembro), a insatisfação da população e da classe política é crescente.

As críticas dirigem-se ao duro controlo que as Forças Armadas têm exercido desde a queda de Hosni Mubarak, em Fevereiro, mas também ao facto de se manter em vigor a Lei de Emergência, que permite medidas como tortura.

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.