Carol Danvers é uma piloto da Força Aérea dos EUA que se transforma numa das heroínas mais poderosas da galáxia em “Capitão Marvel (Captain Marvel)", que estreia em todo o mundo na primeira semana de março, em Portugal no dia 6.

Brie Larson como Capitão Marvel

Além de ser protagonizado por uma mulher, a oscarizada Brie Larson, o filme também é marcado por uma preponderância de mulheres no projeto atrás das câmaras, desde a co-realizadora Anna Boden (em parceria com Ryan Fleck) às argumentistas Geneva Robertson-Dworet e Jac Schaeffer e à autora da banda sonora Pinar Toprak.

Mas, no grande ecrã, as super-heroínas marcaram sempre presença no Universo Cinematográfico Marvel. A mais popular de todas elas, sempre de uniforme justo e movimentos acrobáticos, será Natasha Romanoff, a Viúva Negra (encarnada por Scarlett Johansson), que foi também a primeira a surgir, logo em “Homem de Ferro 2”.

Scarlett Johansson como Viúva Negra

A todo-poderosa Wanda Maximoff, a Feiticeira Escarlate (Elizabeth Olsen), com capacidades telepáticas e telequinéticas, deu nas vistas logo a seguir em “Vingadores: A Era de Ultron” e nunca mais deixou a equipa de heróis.

E como ninguém deve ser avaliado pelo tamanho, a diminuta Vespa (Evangeline Lilly), após provar o que valia em “Homem-Formiga”, vestiu o uniforme que a torna todo-poderosa na respetiva sequela, em que até consegue partilhar o título e o protagonismo com o herói: “Homem-Formiga e a Vespa”.

Isto sem esquecer que a própria Pepper Potts (Gwyneth Paltrow), presente desde o filme fundador “Homem de Ferro”, acaba por ganhar poderes especiais em “Homem de Ferro 3”, que alguns rumores insistem que voltará usar no futuro “Vingadores: Endgame”.

Zoe Saldana como Gamora, Tessa Thompson como Valquíria e Jaimie Alexander como Sif

No espaço sideral, a letal Gamora (Zoe Saldana), é uma figura central nas aventuras dos “Guardiões da Galáxia” e não faltam também poderes a Valquíria, a que Tessa Thompson dá vida em “Thor: Ragnarok”, com a qual consegue ombrear com o herói titular não só força física como em bebidas consumidas. Também nos dois primeiros filmes de “Thor” surge a guerreira Sif (Jaimie Alexander), como uma das espadachins mais poderosas de Asgard.

Sem poderes mas igualmente poderosas

Cobie Smulders como Maria Hill e Hayley Atwell como Peggy Carter

Mas mesmo sem poderes, muitas figuras femininas fortes têm brilhado no Universo Cinematográfico Marvel. Por conta da S.H.I.E.L.D., deu nas vistas a enérgica agente especial Maria Hill (Cobie Smulders), como presença regular nos vários filmes da série, bem como a agente Peggy Carter (Hayley Atwell), a surgir logo durante a Segunda Guerra Mundial em “Capitão América: O Primeiro Vingador” e a encabeçar depois a série televisiva “Agente Carter”, tornando-se assim uma das figuras femininas mais proeminentes do universo Marvel no grande e no pequeno ecrã.

A sua sobrinha Sharon Carter (Emily VanCamp), também agente da SHIELD, surgirá mais a frente e acabará por tornar-se um interesse romântico do Capitão América.

Inteligência é também o que não tem faltado às mulheres da Marvel. Uma das mais brilhantes é a cientista Jane Foster (Natalie Portman), que surgiu nos dois primeiros filmes de “Thor” em parelha com Chris Hemsworth.

Mas a mais genial de todas é ainda uma adolescente de 16 anos, capaz de criar toda a tecnologia da super-desenvolvida cidade africana de Wakanda em “Black Panther”: Shuri (Letitia Wright), a irmã mais nova de T’Challa, uma personagem feminina notável num filme que não tem falta delas, nomeadamente as poderosas guerreiras Nakia (Lupita Nyong’o) e Okoye (Danai Gurira) e a rainha Ramonda (Angela Bassett).

Danai Gurira como Okoye, Angela Bassett como a rainha Ramonda e Letitia Wright como Shuri

E no pequeno ecrã?

As heroínas do universo Marvel não brilham só no cinema: vale a pena espreitar a série de televisão mais diretamente ligada ao Universo Cinematográfico Marvel, em que as mulheres também têm uma preponderância verdadeiramente invulgar.

Já a caminho da sexta temporada, “Os Agentes da S.H.I.E.L.D.” gira em torno de um grupo de personagens dividida de forma igual entre homens e mulheres, geralmente em favor das últimas.

A jovem Agente Daisy “Skye” Johnson (Chloe Bennet) passa de pirata informática a aprendiz e torna-se uma heroína com poderes sobrenaturais com o nome de código de Quake; a veterana Melinda May (Ming-Na Wen, a voz de Mulan na versão original) é a super-letal especialista em artes marciais; Jemma Simmons (Elizabeth Henstridge) é a genial especialista em ciências da equipa; e Bobbi Morse (Adrianne Palicki) uma agente especial também exímia em combate corpo a corpo, ex-infiltrada na organização criminosa Hydra.

“CAPITÃO MARVEL (CAPTAIN MARVEL)": ESTREIA MUNDIAL 6 DE MARÇO.

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.