Um doente em fase terminal que durante toda a sua vida tem sido um grande fã de "Star Wars" já viu o novo filme da saga.

"Hoje, as maravilhosas Disney e LucasFilm tornaram uma realidade o seu último desejo, da forma tipicamente espantosa da Disney, que realmente faz os sonhos tornarem-se realidade.", informou a esposa de Daniel Fleetwood esta quinta-feira à noite.

Ashley Fleetwood contou que que o realizador, J.J. Abrams, lhes telefonou pessoalmente para dar a novidade e três pessoas foram a sua casa para exibir uma cópia inacabada de "Star Wars: O Despertar da Força".

Em 2013, Abrams fizera o mesmo, dando acesso a "Além da Escuridão: Star Trek" a Daniel Craft, um doente de cancro que morreu dias após o visionamento.

Com um sarcoma, um tumor maligno bastante raro, Daniel Fleetwood tinha sido informado na segunda-feira pelos médicos que não tinham a certeza se ele conseguiria ver o filme aquando da estreia a 18 de dezembro. De acordo com a sua esposa, a doença já se espalhou por 90% dos pulmões.

Iniciou-se então uma campanha para chamar a atenção do estúdio Disney,  na esperança que este concretizasse o desejo do visionamento, que recebeu o apoio de milhares de pessoas, incluindo os atores Mark Hamill, que entretanto manifestou a sua satisfação pelo sucesso da mesma, John Boyega e Peter Mayhew.

Posteriormente, a iniciativa "Force For Daniel" teve a ajuda das duas principais atrizes do filme, Carrie Fisher e Daisy Ridley.

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.