"Sicilian Ghost Story", dos realizadores Fabio Grassadonia e Antonio Piazza, abre a 4 de abril a Festa do Cinema Italiano, em Lisboa, um festival que seguirá depois em itinerância por mais de dez cidades portuguesas.

A programação, anunciada esta quinta-feira, abrirá com a antestreia de um conto fantástico inspirado numa história verídica ocorrida na década de 1990 envolvendo a máfia italiana que abriu no ano passado a semana da crítica em Cannes.

A Festa do Cinema Italiano começa no cinema São Jorge, em Lisboa, com cerca de 50 filmes a exibir entre os dias 04 e 12 de abril, mas até junho a programação estende-se a outras cidades, nomeadamente Porto, Cascais, Setúbal, Évora, Aveiro, Tomar, Viana do Castelo e Caldas da Rainha.

Entre as antestreias confirmadas estão ainda "Nico, 1988", de Susanna Nicchiarelli, filme biográfico sobre a cantora e modelo alemã que integrou os Velvet Underground, e "The Place", uma comédia de Paolo Genovese que encerrará o festival.

A organização revelou ainda que irá exibir "Ella & John - The leisure seeker", o primeiro filme de Paolo Virzì em língua inglesa, com Helen Mirren e Donald Sutherland, e a comédia musical "Ammore e malavita", dos irmãos Antonio e Marco Manetti.

O realizador Marco Tullio Giordana estará em abril em Lisboa para apresentar o mais recente filme, "Nome di donna", e a Festa do Cinema Italiano aproveitará para recuperar outra obra dele, "A melhor juventude", longa-metragem de seis horas que relata a história da Itália contemporânea.

Destaque ainda para o documentário "Fame", de Giacomo Abbruzzese e Angelo Milano, sobre a transformação da cidade italiana Grottaglie num centro de arte urbana, com a participação de artistas como Blu, Vhils, EricailCane e Escif.

O programa revisita ainda alguns clássicos, nomeadamente "Cinema Paraíso", de Giuseppe Tornatore, e "O Carteiro de Pablo Neruda", de Massimo Troisi e Michael Radford.

A secção competitiva integra cinco primeiras obras: "Guarda in alto", de Fulvio Risuleo, "La guerra dei cafoni", de Davide Barletti e Lorenzo Conteo, "Cuori Puri", de Roberto de Paolis, "Easy", de Andrea Magnani, e "Happy Winter", de Giovanni Totaro.

A organização tinha anunciado anteriormente que seria feita uma homenagem ao realizador Marco Ferreri, que faria este ano 90 anos, com retrospetiva na Cinemateca Portuguesa.

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.