Kate Beckinsale podia sido a Mulher-Maravilha no cinema muito antes de Gal Gadot, mas está contente por ter perdido a "oportunidade". E é muito franca a explicar a razão.

Agora com 45 anos, a atriz britânica confirmou à revista Variety que chegou a estar os planos de Hollywood ser ela a primeira incarnação da super-heroína no cinema.

"Sim, houve uma época, há muito tempo, quando o [produtor] Joel Silver estava envolvido nisso. Mas acabou por funcionar muito bem. Foi um filme maravilhoso que a Gal fez", garantiu.

Há cerca de um ano, Kate Beckinsale já tinha dado a entender que a sua oportunidade surgiu por volta de 2005, após ter feito o primeiro "Underworld", que lhe deu mais poder na indústria, mas deixou nas entrelinhas que os planos falharam porque não gostou do que leu.

O que estava em cima da mesa era um argumento de Joss Whedon, o futuro realizador dos dois primeiros "Vingadores" para a Marvel, mas que era mais conhecido naquela época por criar as séries "Buff, A Caçadora de Vampiros", "Angel" e "Firefly".

Agora, a atriz foi muito mais clara a explicar a razão para não ter qualquer arrependimento.

"Baseado no argumento que li, teria sido um filme péssimo", rematou.

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.