Artigo

Mark Wahlberg diz adeus a "Transformers"? Nem ele sabe...

"Transformers: O Último Cavaleiro" pode ser a despedida tanto do ator Mark Wahlberg como do realizador Michael Bay, mas um deles não está convencido.

Michael Bay voltou a insistir durante a antestreia mundial de "Transformers: O Último Cavaleiro" que este será o seu último filme da saga.

"Acho que sim, é difícil dizer adeus. Mas foi uma jornada divertida. É altura de fazer outras coisas", afirmou à MTV News no domingo à noite.

Como Hollywood quer fazer pelo menos mais três filmes, a saga também poderá ter de arranjar um novo protagonista, pois Mark Wahlberg garante que só continua com Michael Bay, que assinou todos até agora: "Transformers" (2007), "Transformers - Retaliação" (2009), "Transformers 3" (2011) e "Transformers: Era da Extinção" (2014).

"Se ele não faz, eu não faço", respondeu quando lhe perguntaram se regressaria para um sexto filme como novo realizador.

"Tenho sido muito claro sobre isso. O Michael é o cérebro por detrás desta operação. Tem estado com isto desde a sua origem e continua a crescer a saga e a expandi-la, portanto ele vai fazer o que que quiser fazer", explicou Wahlberg, que entrou em "Era da Extinção", sucedendo à dupla Shia LaBeouf e Megan Fox.

Ainda assim, percebe-se que o ator quer continuar e também não está muito convencido sobre a despedida de Michael Bay.

"O que direi é que ele disse que seria o seu último há alguns filmes atrás", sorriu.

"Ele tem tanta paixão por isso. É o seu bebé. Portanto, talvez ele regresse", concluiu.

Ainda com Stanley Tucci, Josh Duhamel, John Turturro e Anthony Hopkins, "Transformers: O Último Cavaleiro" estreia esta semana em Portugal.

Comentários