"A Grande Muralha" apenas conseguiu 18 milhões de dólares na sua estreia nos EUA este fim de semana, conseguindo o terceiro lugar entre os filmes mais vistos.

O valor corresponde ao que o estúdio Universal estava à espera, mas as críticas principalmente negativas e agora o desinteresse do público mostram que vai ser um fracasso comercial naquele país apesar de ter Matt Damon como estrela.

Com um custo de 150 milhões de dólares, o filme é o mais caro da história da China, onde as receitas ficaram pelos 170 milhões desde a estreia em dezembro, o que também foi visto como uma desilusão: é apenas o oitavo mais rentável de 2016.

O total mundial ascende agora a quase 263 milhões, o que ainda está distante dos 450 necessários para o estúdio ter lucro com o investimento depois de pagas as despesas de publicidade e a parte que fica para as salas de cinema.

Os filmes mais populares acabaram por ser os que já estavam em exibição nas salas.

Em primeiro lugar ficou o repetente "Lego Batman: O Filme", que conseguiu 34,2 milhões de dólares. O seu sucesso assegura que a saga "Lego" está para durar nos próximos anos.

Logo a seguir está "As Cinquenta Sombras Mais Negras", com quase 21 milhões no segundo fim de semana.

A descida em relação à estreia foi de 55%, melhor do que os 74% do primeiro "As Cinquenta Sombras de Grey", embora essa grande descida tenha acontecido porque em 2015 o Dia dos Namorados calhou num fim de semana, inflacionando as receitas.

Após 10 dias de estreia, o original tinha 129.2 milhões e a sequela vai nos 89,7, mas o sucesso está garantido graças ao mercado internacional.

O quarta lugar nos mais vistos ficou para "John Wick 2", com 16,5 milhões.

A sequela já conseguiu 58,7 milhões em 10 dias, quando o total comercial nos EUA do original ficou pelos 43 milhões. Um balanço que garante "John Wick 3" num futuro próximo.

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.