Depois de "Mulher-Maravilha" e "Mulher-Maravilha 1984", a saga que acompanha a super-heroína interpretada por Gal Gadot vai contar com uma terceira aventura, avançou a Warner Bros. este domingo, dia 27 de dezembro.

A atriz vai manter-se no papel de Diana Prince, alter ego da amazona, em "Mulher-Maravilha 3", e Patty Jenkins também vai regressar como realizadora e argumentista.

"Estamos entusiasmados por poder continuar a sua história com as nossas Mulheres-Maravilha reais - Gal e Patty - que vão voltar para concluir a trilogia cinematográfica planeada há muito", revelou Toby Emmerich, diretor da Warner Bros..

"Mulher-Maravilha 1984" estreou-se a 16 de dezembro em Portugal, mas nos EUA, com 66% dos cinemas americanos fechados, só chegou às salas no dia de Natal, acompanhada do lançamento em simultâneo na plataforma de streaming HBO Max.

Desilusão nos cinemas: "Mulher-Maravilha 1984" não consegue vencer pandemia global

Antes de chegar aos EUA, o segundo grande filme a estrear-se nas salas na era da pandemia após "Tenet" apenas arrecadou 38,5 milhões de dólares, quando as previsões de Hollywood e dos analistas, já revistas para baixo, apontavam para os 60 milhões.

Gal Gadot e Patty Jenkins dão as boas-vindas à nova vilã de
créditos: AFP

Segundo os dados do Instituto do Cinema e Audiovisual (ICA), o filme com Gal Gadot foi visto em Portugal por quase 17 mil pessoas entre 16 e 20 de dezembro.

Em grande parte, a desilusão vem da China, onde o mercado dos cinemas tinha recuperado: a estreia foi de 18,8 milhões, em contraste com os 38,7 de "Mulher-Maravilha" em 2017.

Segundo os analistas, a sequela não vai recuperar do golpe no país e dificilmente passará os 30 milhões, quando o primeiro filme conseguiu 90,5 milhões.

Ainda assim, os números iniciais da estreia nos EUA superaram ligeiramente as expectativas. As previsões apontavam 10 a 15 milhões de dólares para o primeiro fim de semana, mas os valores rondaram os 16,7 milhões, o suficiente para ser o fim de semana com a receita mais elevada em tempos de pandemia. No entanto, quando o mundo estava normal, o primeiro "Mulher-Maravilha" arrecadou 103.3 milhões no fim de semana de estreia, a 2 de junho de 2017.

O filme também foi prejudicado pelo fecho dos cinemas em países como França, Itália ou Alemanha, ou parcialmente abertos, como Portugal ou Grã-Bretanha.

Tudo o que se passa à frente e atrás das câmaras!

Receba o melhor do SAPO Mag, semanalmente, no seu email.

Os temas quentes do cinema, da TV e da música!

Ative as notificações do SAPO Mag.

O que está a dar na TV, no cinema e na música!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOmag nas suas publicações.