Oito filmes portugueses em pós-produção são candidatos ao Fundo de Apoio ao Cinema do IndieLisboa, que decorrerá em agosto, revelou o festival esta quinta-feira (23).

Esta será a sétima edição daquele fundo para pós-produção, criado pelo IndieLisboa, com 1.500 euros de apoio financeiro, 6.000 euros para criação de banda sonora original e ainda apoio em serviços de pós-produção de som e imagem.

Ao fundo são candidatas, entre ficção experimental e documentário, curtas-metragens de Helena Estrela, Diogo Baldaia, Leonardo Mouramateus, Gustavo Imigrante, César Pedro e Mário Macedo e longas-metragens de Felipe Bragança e Margarida Gramaxo.

Durante o IndieLisboa, que foi adiado de maio para agosto por causa da covid-19, as equipas de produção daqueles filmes apresentarão os projetos a um júri internacional, que decidirá quem receberá o apoio.

Criada em 2011, esta iniciativa é apresentada pelo IndieLisboa como um “instrumentos complementar de apoio à pós-produção de filmes portugueses”.

Este ano, pela primeira vez, o festival associa-se ainda a uma residência de escrita de argumento para longa-metragem, com mentoria de Fabianny Deschamps e João Pedro Rodrigues, para quatro realizadores: Mariana Gaivão (Portugal), Lucas Camargo (Brasil), Agnes Merlet e Maxime Martinot (França).

O IndieLisboa decorrerá de 25 de agosto a 05 de setembro. A programação completa será revelada a 30 de abril.

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.