Famílias em perigo, imigração, voyeurismo e um burro com auscultadores.

Veja a lista completa de vencedores
Veja a lista completa de vencedores
Ver artigo

Um catálogo de experiências vindas de países como Bélgica, EUA, França e Tunísia, nas cinco curtas-metragens em imagem real nomeadas para os Óscares, as questões sociais são variadas, as intenções comoventes e harmoniosas nos seus vários graus de peso emocional.

Explanadas em vários géneros, são três dramas, uma comédia e um "thriller", prontas para nos guiar por narrativas que têm em comum o alento por uma vida melhor. Há esperança em cada uma, embora nem todas tenham o final feliz que desejaríamos. Veremos qual também terá um final feliz na cerimónia de 9 de feverereiro...

Une Soeur (real. Delphine Girard, Bélgica)

Uma operacional de call center de um serviço de urgências procura descortinar o que se passa numa chamada. Do outro lado da linha, uma mulher parece encontrar-se em perigo, presa na parte de trás de um carro. De narrativa similar ao filme dinamarquês “O Culpado”, de Gustav Möller, “Une Soeur” é um suspense claustrofóbico, hiper ventilatório, onde é a interpretação de Veerle Baetens que carrega o enredo e nos dá espaços para respirar. Excitante, é ainda mais assustador quando compreendemos estar a ver o que é uma tática real que as mulheres usam para sobreviver a casos de abuso doméstico.

Nefta Football Club (real. Yves Piat, França)

A lembrar "Bekas", de Karzan Kader, é uma pequena comédia tonta, com mal-entendidos, futebol e Adele. Com energia positiva, esta curta é ritmada pela graça e química de dois garotos que encontram um burro de carga no meio do deserto. A sua mercadoria é aliciante e um risco, mas o mais velho dos dois não tem dúvidas do que irá fazer com aquele “detergente da roupa”. Embora falte profundidade e se apresse nos eventos, após estabelecer o humor na sala, "Nefta Football Club" consegue o seu objectivo com uma "punchline" hilariante cheia de ingenuidade e bom coração.

"Nefta Football Club" é uma das curtas que está disponível para visionamento.

Saria (real. Bryan Buckley, EUA)

Baseando-se em eventos reais, Bryan Buckley narra a fuga de duas irmãs do orfanato Virgen de La Asuncion, na Guatemala, crentes que encontrarão a liberdade nos EUA.
Trágica e agressiva, com inesperadas revelações de abuso e momentos de fraternidade, a curta explora o confinamento cruel e a injustiça. Em vez de manter um batimento com nervo, a montagem abrupta tem vontade de tornar esta obra um trailer extenso, arruinando a força latente e a sua emoção, tornando-se numa obra demasiado plástica e de intenções evidentes.

The Neighbors’ Window (real. Marshall Curry, EUA)

Conto de voyeurismo urbano, onde um marido e esposa frustrados espiam um jovem casal que vive no apartamento da frente. Marshall Curry, que já tem quatro nomeações aos Óscares, explora a ideia de como a inveja e a empatia são toldadas por impressões erradas e os desejos de uma vida supostamente melhor. Esta curta perfila-se nas projeções como a favorita à vitória.

"The Neighbors´Window" é uma das curtas que está disponível para visionamento.

Brotherhood (real. Meryam Joobeur, Tunísia/Canadá)

O filho pródigo volta a casa, depois de estar na guerra da Síria. O seu pai fica com uma escolha terrível para fazer: trair o seu próprio filho criminoso, membro do ISIS, ou permitir-lhe ficar, arriscando a segurança do resto da família? Entrando no microcosmos de uma família tunisina, vivemos as tarefas do quotidiano enquanto vemos o vazio, o desespero e a raiva adensarem-se. Sombrio e meditativo, Joobeur filma o lado pastoral e a ideia da “ovelha tresmalhada”, apoiando a limitação da perspetiva e das ideias toldadas, com recurso a grandes planos de rostos que revelam um só olho ou corpos desfocados sobre o fundo da natureza. Gradualmente, tudo vai ficando mais claro. A verdade desenrola-se a com custo lento e tenso, dando lugar a estranhas reviravoltas, concluídas com tristeza e ambiguidade. É a curta que gostaríamos de ver galardoada com a estatueta de Melhor Curta-Metragem... e transformada em longa.

"Brotherhood" é uma das curtas que está disponível para visionamento.

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.