Em entrevista ao NME, Ad-Rock admitiu a possibilidade de voltar a trabalhar com o seu ex-colega, mas não sob o mesmo nome.

“O Adam começou a banda, logo não poderíamos fazer nada sem ele”, revelou Ad-Rock, referindo-se a Adam Yauch, falecido em 2012, na sequência de um cancro, contra o qual lutou durante três anos.

“Mas, a certo ponto, iremos fazer algo”, assegurou, quando questionado sobre a possibilidade de formar um projeto com Mike D.

Recorde-se que, em maio de 2012, Mike D tinha admitido igual possibilidade. “Consigo imaginar-nos a fazer música. Mas não sei se será num formato banda. Mas o Yauch deveria querer, genuinamente, que tentássemos fazer algo maluco”, disse, na altura.

Na semana passada, o álbum de estreia dos Beastie Boys, “Licensed To Ill”, conquistou o certificado de Diamante, 30 anos após o seu lançamento. A certificação em causa significa que o disco lançado em 1986, cujo alinhamento integra êxitos como (You Gotta) Fight for Your Right (To Party!), vendeu mais de dez milhões de cópias.

Os Beastie Boys estão, assim, entre os nove artistas de hip hop cujos álbuns conseguiram alcançar o estatuto Diamante. Eminem, Notorious B.I.G., Outkast e 2Pac fazem, também, parte desse grupo.

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.