Depois de ficar meses retirada, o que levantou boatos sobre a sua saúde, a cantora canadiana disse sentir-se melhor agora.

"Tinha a impressão de que não conseguia respirar, que não ia conseguir falar nem mexer-me", desabafou, em entrevista à revista People, na terça-feira. "Pensei que estava a morrer", acrescentou.

A borreliose de Lyme é uma doença infecciosa devido a uma bactéria transmitida pela picada de uma carraça.

Difícil de diagnosticar e subnotificada, a doença pode ter consequências graves se não for tratada a tempo. Entre as implicações incapacitantes e dolorosas, em especial neurológicas, nas articulações e musculares, estão a meningite ou a paralisia facial.

"Houve alturas em que eu não tomei banho durante uma semana porque não conseguia estar de pé", revelou. "Era como se toda a minha vida estivesse a fugir", acrescentou.

A cantora afirmou que agora se sente "80%" melhor.

@AFP

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.