"A ideia de juntar músicos portugueses e chineses, em parcerias musicais únicas, era uma ideia arriscada, mas bem desafiante", explica David Valentim no (bem documentado) inlay do álbum "T(h)ree".
O arquitecto, produtor e mentor do projecto viveu e trabalhou em Macau e Hong Kong, onde organizou festivais de música. Mas achou que podia fazer ainda mais, e assim nasceu um disco: "O objectivo não era criar um álbum baseado numa mera colecção de músicas cedidas pelas bandas individualmente. Teria de ser necessariamente mais do que isso".

Do intercâmbio que encorajou e acompanhou resultaram mais de uma dezena de colaborações. "Criou-se um novo conceito, desenvolveu-se trabalho e nasceram ligações entre músicos a mais de 6860 milhas de distância", recorda.

Do Ocidente ao Oriente emtreze canções

O desafio evidente de "T(h)ree" é louvável e o produto final não desaponta, embora também não deixe de expor uma irregularidade presente em muitas compilações. Versátil, o alinhamento espreita territórios electrónicos e acústicos, passa por ambientes pop, folk, pós-rock, spoken word ou industriais e entrecruza idiomas.

Das várias parcerias vale a pena ouvir, por exemplo, a dos AbztraQt Sir Q com Joey Chu, capaz de fugir aos formatos mais óbvios do rock alternativo; as experiências digitais e futuristas de Erro! com A.O.S. e de Kubik com B.i.r.u.L.eX e Evade; a versão de Winnie Lau para "Esta depressão que me anima", d'A Naifa, hipótese de pós-fado com cheiro a mar; ou uns cada vez mais polidos e trauteáveis Ölga ao lado de Innisfallen.
No meio destes episódios interessantes, há um que se revela imperdível: "6830 milhas", colaboração entre Balla, Modern Children e S.T. cujo cruzamento de cordas e sintetizadores, ao lado de uma linha vocal discreta mas certeira, oferece o momento mais dançável e infeccioso do disco.

Além do intercâmbio que potenciou, "T(h)ree" tem ainda o mérito de doar parte das vendas a instituições de combate ao cancro. E o melhor ainda poderá estar por vir, já que este é o primeiro volume de uma trilogia que tem já confirmadas novas participações (de Lula Pena, Noiserv, Vicente Palma ou Blasted Mechanism). Venham lá mais dois, então.

"T(h)ree" é apresentado hoje e amanhã no Museu do Oriente, em Lisboa. Mais detalhessobre osconcertosaqui.

@Gonçalo Sá

Hipnótica + Unixx - "Perfect Betrayer":

Abztraqt Sir Q + Joey Chu - "Honqon":

Bernardo Devlin + Wilson Tsang - "Sea of Amnesia":

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.