O jornal Los Angeles Times informou que Crouch morreu na quinta-feira, dias depois de ter sido internado por causa de um enfarte.

Batizado como "o pai do gospel moderno", Crouch era conhecido por oferecer um sentimento mais contemporâneo ao género musical e um dos poucos músicos gospel a ter uma estrela na Passadeira da Fama.

As suas composições foram gravadas por artistas como Elvis Presley e Paul Simon.

A sua influência também se fez sentir em Hollywood: foi nomeado para um Óscar em 1986 pela banda sonora de "A Cor Púrpura" e também participou nos arranjos da música de "O Rei Leão".

@AFP

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.