A novidade foi revelada por Bob Rock, que trabalhou com a banda no álbum de 1991 e contou, agora, que Hetfield lhe pediu conselhos para cantar como o Isaak nas faixas Nothing Else Matters e The Unforgiven.

“Ele disse: ‘Bob, eu nunca cantei, realmente, antes – eu apenas grito’. Ele pôs a tocar um disco do Chris Isaak e disse: ‘Na Nothing Else Matters e na The Unforgiven eu quero cantar. Como é que eu canto assim?’”, recordou o produtor, em entrevista à Classic Rock.

“Eu disse: ‘O que ouves na voz de Chris Isaak são as nuances quando ele canta. Ele não está a fazer playback, ele está mesmo a atuar. Tu atuas’. Arranjámos as coisas de forma a que ele tivesse uma grande canção e então ele cantou. Todos os dias ele melhorava e acabou por ficar confortável com isso. Ele tornou-se num grande cantor”, explicou Bob Rock.

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.