Tudo aconteceu no final de 2002 quando a música de uma desconhecida banda portuguesa atingiu as pistas de dança por todo o mundo. A faixa era uma remix da "Seek and Destroy" dos Metallica, e banda os

Paranormal Attack, nessa altura constituída por Xangai (voz, guitarra e sintetizadores) e Jaime Ventura também nos sintetizadores, mas que mais tarde viria a ceder o seu lugar a Gonçalo Miranda (actualmente na banda). A banda trabalhou arduamente para atingir as luzes da ribalta e no seu intuito de conquistar os corações dos adeptos de música electrónica, nada foi deixado ao acaso.

No final de 2005, os

Paranormal Attack lançam o seu álbum de estreia intitulado "Phenomenon". Todas as faixas deste álbum foram escritas e produzidas por Xangaii, que nessa altura já demonstrava uma forte maturidade com a mistura de influências tão variadas como: hard, rock, pop e música clássica. O álbum foi editado pela Chemical Crew Records em Telavive, Israel. "Phenomenon" foi o responsável pelo enorme alarido criado à volta da cena electrónica em 2006. As músicas "Be with you" e "Wild" fizeram um enorme sucesso em todo o mundo. É Durante 2006 que a banda também participa no filme "O Magnata", escrito por Chorão da famosa banda brasileira "Charlie Brown Jr", produzindo em conjunto uma música intitulada "Vão Fazer De Novo"para uma das cenas do filme. Nesse mesmo ano Xangaii é convidado para integrar os sintetizadores e partes electrónicas no novo álbum da banda
Wonderland, uma banda portuguesa de qualidade pertencente ao seu amigo Vasco Boucinha (vocalista na música "Wild"). Em Outubro de 2006 a banda começou a rodar o DVD da sua chuvosa, mas espectacular, tour pelo Brasil. Para acabar o ano, Xangaii faz também suporte nos concertos ao vivo de Skazi, tocando guitarra e sintetizadores no XxxperienceSpecial Edition (São Paulo, Brazil) para cerca de 30.000 amantes de música. Este concerto teve também como convidados Igor Cavalera (baterista dos Sepultura) e o israelita MC Big Fish.

Em Março de 2007, enquanto os

Paranormal Attack tocavam por todo o mundo e preparavam o segundo álbum "Walking in the Sun", a banda era convidada para ser cabeça de cartaz em grandes festivais no Rio de Janeiro, apelidados de Chemical Music em Curitiba e Belo Horizonte. "Nunca tínhamos visto algo assim" afirmou Xangaii, espantado com o sucesso da tour, "Sempre trabalhamos arduamente para atingir isto e agora foi conseguido". Após essa tour, os
Paranormal Attack retornaram ao estúdio para continuar a trabalhar no álbum e também para realizar alguma co-produções com artistas como Skazi, Eskimo e um remix da música "
Struggle" da banda alemã Limbogott, sendo mais tarde incluída no 2ª álbum da banda. O final de 2007 foi o momento escolhido pelos

Paranormal Attack para apresentar o seu 2º álbum "Walking in the Sun", fruto de meses de trabalho em estúdio.

Dar seguimento ao sucesso do álbum de estreia "Phenomenon" não é tarefa fácil mas o "Walking in the Sun" veio afirmar que os

Paranormal Attack estão cá para ficar e a prova disso está no sucesso do seu novo single "
Walking in the Sun", uma música que se enquadra bem no estilo melancólico, intenso e cativante da banda e que o leva a dançar de imediato. A simplicidade no seu melhor.

Para conhecer melhor os
Paranormal Attack visite:
www.palcoprincipal.com/paranormalattack

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.