O sequenciador Bubble Gum foi desenvolvido pelos estudantes da Universidade de Berkley (Califórnia, USA): Hannes Hesse, Andrew McDiarmid e Rosie Han. Este aparelho consiste numa grelha com orifícios que consegue detectar a posição e cor das bolas através de uma câmara montada por baixo da superfície.

A imagem capturada é processada por um computador, que avalia, analisa e processa toda a grelha. As cores das bolas são conectadas a notas. Para cada nota é gerado um evento MIDI e a informação enviada para o bus MIDI do sistema. O software de percepção visual do computador é escrito em
Java e faz uso da livraria de imagens ImageJ.

Para mais informações visite:
http://backin.de/gumball/

Notícias relacionadas:
BeatBearing - Sequenciador do futuro?

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.