Patrocinado pelo Instituto Camões, a Direção Geral dos Assuntos Consulares e a Fundação Instituto Português de Cultura, o disco "Andrea Imaginário em Pessoa" será lançado em Caracas a 7 de junho na sala de concertos do Centro Cultural BOD.

O disco, produzido por Miguel Chacón, conta com a participação dos músicos Laurent Lècuyer (piano), Roberto Jirón (viola), Miguel Chacón (baixo), Nené Quintero (percussão), Eduardo Galián (bandônio, tipo de acordeão), Julio Mendoza (trompete) e a colaboração especial do 'cantautor' Goyo Reyna.

Será composto por 12 temas, quatro deles inéditos e em língua castelhana, e inclui ainda os faixas bónus com versões em castelhano das canções "Ser Aquele" e "Amigo Aprendiz".

"Andrea Imaginário em Pessoa" surge de um recital que ofereceu em finais de 2013, em ocasião do XXVII aniversário da Fundação Instituto Português de Cultura na Venezuela, cujo eixo de inspiração central é a obra de Fernando Pessoa e o nome foi sugerido pelo seu presidente, o professor João da Costa Lopes durante um jogo de palavras.

Para a luso-descendente, Fernando Pessoa é um dos poetas "mais significativos", pelos seus "heterónimos, autênticos personagens criados pelo escritor para atribuir-lhes parte do seu trabalho literário", uma espécie de "vozes alternas, cada uma delas com uma história própria, lugar de nascimento, profissão, personalidade, visão de vida e temas prediletos".

@Lusa

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.