Em entrevista ao “Daily Star”, o cantor revelou fazer mais sentido, para ele, lançar as músicas em que tem vindo a trabalhar por conta própria: “Quando editar as minhas músicas, fá-lo-ei como um projeto a solo. Nos Keane, nós sabemos o que fazemos melhor e quais são os nossos papéis, por isso faz sentido para mim lançar as minhas músicas separadamente da banda”.

Questionado sobre a sonoridade dos seus temas a solo, Chaplin respondeu: “Liricamente, são muito diretos, tais como os do Tim [Rice-Oxley, responsável pela composição dos temas dos Keane]. São, provavelmente, demasiado explícitos, na medida em que documentam o que tem passado pela minha cabeça nos últimos sete anos”.

Apesar da investida a solo, Tom Chaplin garantiu à publicaçãoa continuidade dos Keane, que se encontram, neste momento, em digressão de promoção a “Strangeland”.

Sara Novais

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.