“Peit Ta Segura”, cantado em crioulo de cabo Verde, é a canção de apresentação de “Dentro da Chuva”, o quarto álbum de originais da artista, que sucede a “Insular” (2016).

A cantora e compositora apresenta “Dentro da Chuva” no dia 09 de novembro na Casa da Música, no Porto, e no dia 29, no São Luiz Teatro Municipal, em Lisboa.

“Dentro da Chuva” foi gravado no início do ano, no Rio de Janeiro, no Brasil, sendo Aline Frazão a autora da maioria dos temas, assinando também a produção musical.

Ao vivo, “tal como acontece no álbum, apresenta-se a solo, num quase ‘voz e violão’ minimalista e poético”, segundo comunicado da sua promotora.

O novo álbum contou com a participação de músicos convidados, como o violoncelista Jaques Morelenbaum, que já acompanhou e produziu um CD de Marisa, a cantora e compositora Luedji Luna e João Pires, dos Cordel, com quem Aline partilha a autoria de uma das canções.

Outros participantes no CD são o percussionista Zero Telles e Gabriel Muzak que, além de ter gravado e misturado o álbum, participa como guitarrista numa das músicas e coproduz duas delas.

Natural de Luanda, Aline Frazão estreou-se discograficamente em dezembro de 2011, com o álbum "Clave Bantu", uma edição independente com 11 temas originais, que incluía colaborações dos escritores angolanos José Eduardo Agualusa e Ondjaki.

"Movimento" foi o segundo trabalho discográfico da intérprete. Tinha uma parceria com o poeta angolano Carlos Ferreira "Cassé" e um poema da benguelense Alda Lara (1930-1962), musicado por Aline Frazão, que, além de compor todas as músicas, também assinou a produção do álbum.

“Insular” (2016) foi gravado na ilha escocesa de Jura, tem 11 faixas, foi produzido pelo britânico Giles Perring e inclui a participação de Pedro Geraldes, dos Linda Martini.

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.