Luísa Sobral viajou há uma semana para Kiev para marcar presença nos ensaios para o Festival Eurovisão da Canção. A ida antecipada para a Ucrânia obrigou a cantora a canelar alguns dos concertos agendados para o final de abril e início de maio.

Um dos concertos da cantora portuguesa estava agendado para o dia 29 de abril, no Festival Folia 2017, em Lousada. Em comunicado partilhado nas redes sociais, a organização Jangada Teatro criticou a "atitude pouco profissional" da empresa que representa Luísa Sobral.

"O agente da artista – a empresa Sons em Trânsito, Lda. – informou que o cancelamento do espetáculo agendado prende-se com a participação da cantora nos ensaios do Festival Eurovisão da Canção em representação de Portugal, em substituição do irmão, Salvador Sobral, devido aos problemas de saúde que o afetam e são do conhecimento público. No entanto, a Jangada Teatro não quer deixar de lamentar a atitude pouco profissional da empresa Sons em Trânsito, Lda., agente da artista, que não obstante ser já do conhecimento público a eventual participação da artista no Festival da Canção, só comunicou o cancelamento do concerto a menos de dois dias da sua realização", explica a organização, acrescentando que "esta situação configura um incumprimento do contrato celebrado há mais de dois meses, perante a qual serão tomadas as medidas adequadas".

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.