A produtora Ar de Filmes e o Teatro do Bairro vão disponibilizar, gratuitamente, algumas das suas produções de cinema e teatro, em ´streaming` através da partilha de uma ligação nas suas redes sociais, foi hoje anunciado.

Todas as semanas, será disponibilizada uma obra, de cineastas como João Botelho ou Margarida Gil, que os espectadores poderão ver ou rever, assim como registos de alguns dos espetáculos encenados por António Pires.

A partir de hoje, e até ao próximo dia 27, será possível ver online “A baleia branca, uma ideia de Deus”, de João Botelho, um documentário sobre a construção do espetáculo “Moby Dick”, de Herman Melville, encenado por António Pires, no São Luiz Teatro Municipal em 2015.

A obra teve interpretação de Graciano Dias, João Barbosa, José Airosa, Maria Rueff, Miguel Borges, Miguel Guilherme, Milton Lopes, Ricardo Aibéo e Rui Morisson.

A narração foi escrita por João Botelho, a imagem de João Ribeiro, o som de Francisco Veloso, a montagem é de Vanessa Pimentel, a música de Paulo Abelho e João Eleutério, a voz de narrador é de Maria João Cruz e a produção de Alexandre Oliveira e Rita Simão.

Em 10 de março, a Ar de Filmes/Teatro do Bairro cancelou a estreia, marcada para 18 de março, da “Trilogia dramática da terra espanhola”, de Federico García Lorca, um ciclo de três espetáculos cujas apresentações decorreriam em março e mbril no Teatro do Bairro, na Galeria Graça Brandão e no Teatro São Luiz.

O cancelamento seguiu as recomendações das autoridades de saúde no sentido de se adotarem medidas de contenção necessárias para evitar a propagação do surto do novo coronavírus.

A Ar de Filmes/Teatro do Bairro junta-se assim a múltiplas outras estruturas que optaram pelos canais digitais para divulgar os seus trabalhos, face à pandemia da doença covid-19 causada pelo novo coronavírus.

O novo coronavírus, responsável pela pandemia da Covid-19, infetou mais de 250 mil pessoas em todo o mundo, das quais mais de 10.400 morreram.

Das pessoas infetadas, mais de 89.000 recuperaram da doença.

Em Portugal, a Direção-Geral da Saúde (DGS) elevou hoje o número de casos confirmados de infeção para 1.020, mais 235 do que na quinta-feira.

O número de mortos no país subiu para seis.

Dos casos confirmados, 894 estão a recuperar em casa e 126 estão internados, 26 dos quais em Unidades de Cuidados Intensivos.

O boletim divulgado pela DGS assinalava 7.732 casos suspeitos até quinta-feira, dos quais 850 aguardavam resultado laboratorial.

Das pessoas infetadas em Portugal, cinco recuperaram.

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.