Apesar de alguns dos fãs de Rod Stewart estarem vestidos a rigor, os cachecóis e as bandeiras de apoio à seleção pintavam o MEO Arena em tons de vermelho e verde. A sala lisboeta começou a encher perto da hora do jogo entre Portugal e o País de Gales.

Depois da festa da seleção nacional, Rod Stewart não perdeu tempo para subir a palco para dar ritmo e alegria ao público. As cortinas aos quadrados pretos e brancos subiram ao som de "Soul Finger", tema original de The Bar-Kays.

O "Sir" deu o pontapé de saída com "Having a Party", prometendo uma grande e longa festa no MEO Arena.

Antes de seguir para "Some Guys Have All the Luck", o cantor britânico, um fervoroso adepto de futebol, fez questão de elogiar a seleção das quinas.

Entre sorrisos e cumprimentos, Rod Stewart seguiu a festa em grande velocidade com  "Love Is
Play",  "Tonight's the Night (Gonna Be Alright)" e "Can't Stop Me Now". E, sim, ninguém conseguia mesmo parar o cantor que, a cada tema, conquistava mais e mais o público no MEO Arena.

Depois de "You Wear It Well", chegou o primeiro grande momento da noite - como quem diz, o momento em que os smartphones se levantam. A uma só voz, o público cantou com Stewart "Forever Young", provando que a idade não interessa nada.

Entre danças, fintas, remates e lançamentos de bolas autografadas para o público, o cantor terminou a primeira parte com "Downtown Train" e "Stay With Me".

"Rhythm of My Heart" foi o apito inicial da segunda parte do concerto inserido na digressão "From Gasoline Alley to Another Country".

Num ritmo mais calmo e para aquecer os corações, Rod Stewart desfilou pelos temas que marcam a sua carreira e que são hinos de histórias de amor, para muitos dos fãs. "Maggie May", "I Don't Want to Talk About It" e "Have I Told You Lately" foram algumas da canções que serviram de banda sonora para novas juras de amor no MEO Arena.

"Baby Jane", "Hot Legs" e "Sailing" marcaram os últimos momentos do concerto do cantor de 71 anos. A emoção e a alegria estava estampada na cara dos fãs.

Com o fechar das cortinas, os gritos e os pedidos de "só mais uma" ouviram-se a uma só voz.

E assim foi. O concerto de Rod Stewart teve direito a tempo de compensação e ao som de um dos maiores sucessos da carreira do músico. "Da Ya Think I'm Sexy?" foi a canção que fechou com chave d'ouro o concerto, com o cantor a mostrar novamente os seus dotes para a dança e para os remates de longo alcance.

Da noite no MEO Arena, os fãs e os adeptos de futebol só levam boas recordações. Foi um verdadeiro concerto de três f's, tal como Portugal: Festejos, festa e felicidade.

Veja na galeria as fotografias do concerto:

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.