De acordo com o museu instalado no Centro Cultural de Belém (CCB), a partir de hoje, 1 de maio, entra em vigor um preçário que apenas isenta de pagamento as crianças até aos seis anos, passando a ser cobrado um bilhete único, que permitirá o acesso a todas as exposições do Museu Coleção Berardo.

Os adultos vão pagar cinco euros e haverá descontos de 50% (2,5 euros) para os visitantes dos sete aos 18 anos, mais de 65 anos ou com mobilidade reduzida.

As entradas gratuitas vão ser reservadas para os sábados, durante todo o dia, e em dias especiais como o Dia Internacional dos Museus, a 18 de maio, ou no Dia da Mãe, a 07 de maio, para as mães que forem realizar atividades pedagógicas com os filhos no museu.

Durante os dias 18 e 20 de maio, adultos e famílias poderão participar gratuitamente em diversas atividades que se realizam em torno da Coleção Berardo.

No Dia Mundial da Criança, a 01 de junho, a entrada será gratuita até aos 12 anos.

O Museu Berardo abriu em junho de 2007 - com entradas gratuitas desde então - e um acervo inicial de 862 obras da coleção de arte do empresário José Berardo avaliadas um ano antes em 316 milhões de euros pela leiloeira internacional Christie's.

Em novembro do ano passado, o protocolo de 10 anos para cedência de obras da coleção Berardo e manutenção do museu no CCB, que terminava em 31 de dezembro de 2016, foi renovado por mais seis anos entre o colecionador e o Estado, através do Ministério da Cultura, que exigiu a cobrança de bilhetes a partir de 2017.

Desde a abertura, o Museu Coleção Berardo recebeu mais de 6,6 milhões de visitantes, um milhão só em 2016, quando se cumpriram os 10 anos da assinatura do protocolo celebrado entre o colecionador Berardo e o Estado, segundo números da entidade.

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.