O romance, traduzido para português por Luís Silva dos Santos, é o primeiro volume de uma série policial, e valeu ao autor o Dagger (Punhal) de Ouro, em 2013, prémio da Associação dos Escritores do Crime, do Reino Unido.

A Manuscrito conta prosseguir a série policial, e o segundo volume, "Segredos de Moscovo", está previsto sair em novembro, disse à agência Lusa fonte editorial. A narrativa de "Covil de Espiões" decorre em Slough House, "um local de desterro para agentes dos serviços secretos britânicos que comprometeram as suas missões", entre os quais River Cartwright, "cujos dias são passados a transcrever conversas de telemóvel". Quando surge um caso de rapto, River vê uma oportunidade de se redimir.

Mick Herron nasceu há 57 anos, em Newcastle upon Tyne, e estudou no Balliol College, em Oxford. É autor da série de Jackson Lamb, já com sete título, que inaugurou com "Covil de Espiões". As suas obras incluem a série de Sarah Tucker e Zoë Boehm e os romance "Reconstruction", "Dolphin Junction", que lhe valeu ex-aequo o prémio Ellery Queen, e "Nobody Walks".

Tudo o que se passa à frente e atrás das câmaras!

Receba o melhor do SAPO Mag, semanalmente, no seu email.

Os temas quentes do cinema, da TV e da música!

Ative as notificações do SAPO Mag.

O que está a dar na TV, no cinema e na música!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOmag nas suas publicações.