O festival de músicas e culturas populares, promovido pela Câmara de Ferreira do Alentejo, no distrito de Beja, vai decorrer até domingo com iniciativas nas áreas de música, dança, gastronomia, antropologia e cinema naquela vila e na aldeia de Peroguarda.

Através do festival, o município explica que quer "desencadear um reboliço criativo" e "explorar" a "ligação forte" do concelho com o etnomusicólogo corso Michel Giacometti.

O desfile das crianças com esquilas, fabricadas artesanalmente na vila de Alcáçovas, no concelho de Viana do Alentejo, no distrito de Évora, "ligando a arte da fundição do metal, os rituais da transumância e as manifestações de património imaterial contemporâneas", vai decorrer a partir das 11:45 e passar por várias ruas da vila de Ferreira do Alentejo.

Após o desfile, as esquilas vão ser usadas para montar, a partir das 12:00, no Centro Manuel da Fonseca, em Ferreira do Alentejo, um varal esquilaneiro, um instrumento musical comunitário, através do qual o festival convidará a população a interpretar música de composição indeterminada.

Segundo o município, trata-se de uma proposta musical "no rastro do grande compositor" norte-americano John Cage, considerado "pioneiro" da música aleatória com recurso a instrumentos não convencionais, e para "revelar" sons antigos do pastoreio caprino e "a mestria" do fabricante artesanal das esquilas Rodrigo Sim Sim.

Da programação do festival, na área da música, destacam-se os concertos da cantora espanhola Rosalía Mowgli, um hoje e outro no sábado, do Grupo Folclórico de Pauliteiros de Cércio de Miranda do Douro e do cantor e tocador de viola campaniça Pedro Mestre, no sábado, em Ferreira do Alentejo.

Na área da música, o festival também vai incluir deambulações pelas ruas de Peroguarda do grupo Os Chocalheiros de Vila Verde de Ficalho, hoje, e atuações do Grupo Coral Os Boinas e dos Cantadores do Ladrão, na Casa do Vinho e do Cante, em Ferreira do Alentejo.

Sessões dos DJ Rita Só, hoje, 4lquimia e KennyStones, no sábado, no Jardim Público de Ferreira do Alentejo, e uma atuação dos acordeonistas Luís Mira e João Romão, no domingo, na Casa do Povo de Peroguarda, são outras ofertas musicais do festival.

Na área do cinema, o festival vai incluir exibições dos filmes "O descanso na intensidade das cores", sobre o quotidiano das gentes de uma comuna romena na Transilvânia, e "Povo que canta, alguns episódios", sobre recolhas de Giacometti, hoje, e "Fonko", dedicado à "grande revolução musical" a decorrer em África com novos estilos de música de dança, como "kuduro", "coupé-décalé" e "ndombolo", hoje, no sábado e no domingo, em Ferreira do Alentejo.

"Viagem no Tempo", com obras de pintura da artista Ana Parreira, na Casa do Povo de Peroguarda, e "O caso das cestas de esteira de Odivelas", no Museu Municipal de Ferreira do Alentejo, são as duas exposições do festival.

"Workshops", palestras, mercado e concurso de popias, gaspacho popular, degustação de cervejas artesanais do Baixo Alentejo, largada de pombos e uma demonstração de corte de presunto são outras iniciativas do festival.

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.