Devido à COVID-19, o concerto dos Guns N' Roses no Passeio Marítimo de Algés, em Oeiras, foi adiado, anunciou a Everything is New. O espetáculo da banda estava marcado para o dia 20 de maio.

"Em virtude da atual situação provocada pelo surto da COVID-19, e mediante as recomendações da Direção Geral de Saúde e das limitações impostas para o mês de maio pelo estado de calamidade, o espetáculo de Guns N' Roses  agendado para o dia 20 de maio, encontra-se adiado", confirmou a produtora.

Esta segunda-feira, dia 11 de maio, a banda garantiu que está a trabalhar em novas datas para a digressão. "Continuamos a trabalhar numa nova data" Agradecemos, desde já, toda a vossa compreensão", pode ler-se no comunicado do grupo partilhado pela Everything is New.

A banda conquistou o mundo em 1987 com o álbum "Appetite for Destruction", que continua a ser o disco de lançamento mais vendido da história.

Este seria um regresso dos Guns n’ Roses a Portugal e o concerto seria o primeiro de uma nova série de atuações na Europa entre 20 de maio e 27 de junho.

A banda de Axl Rose e Slash já tinha reagendado os concertos que estavam previstos para a América Central e do Sul.

Os Guns n’ Roses continuam na estrada com a mesma digressão, “Not In This Lifetime”, que começou e 2016 e já tinha passado pelo Passeio Marítimo de Algés em 2017.

De acordo com a Associação de Promotores de Espetáculos, Festivais e Eventos, a pandemia da COVID-19 já levou, desde março, ao cancelamento, suspensão ou adiamento de cerca de 27 mil espetáculos em Portugal.

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.